O método pilates

O  método Pilates está prestes a se tornar uma modalidade centenária e, hoje, a efetividade de seus exercícios para a saúde o tornou consagrado em todo o mundo, razão pela qual o número de adeptos cresce a cada dia.

 

O idealizador da metodologia foi o alemão Joseph H. Pilates, nascido em 1883 em Monchengladbach, pequena cidade no oeste da Alemanha. Joseph foi uma criança doente, com problemas como asma e febre reumática.

 

A vida sofrida por conta de sua saúde despertou cedo seu interesse por atividades que pudessem melhorar sua condição física. Joseph também investiu tempo no estudo dos fundamentos de algumas modalidades orientais como a Yoga, além da ginástica para o fortalecimento corporal.

 

O desenvolvimento do hoje chamado Método Pilates veio da superação de mais uma dificuldade em sua vida. Durante a I Guerra Mundial, época em que morava na Inglaterra, Joseph foi levado para um campo de prisioneiros alemães.  

 

Preso neste campo, ele decidiu aprimorar o desenvolvimento de seu conceito de atividade física, que na época chamou de “contrology”. Os alunos foram seus colegas detidos ali no campo. Junto com o aperfeiçoamento das técnicas, Joseph fez uma constatação importante: a boa condição física deles fez com que sobrevivessem à grande gripe de 1918.

Estava criada sua própria metodologia, que consiste em uma série de exercícios e também aparelhos (cadilac, reformer, wall unit, barrel) para a execução de muitos deles. O método foca sua atenção para os músculos posturais que suportam a coluna e mantém o corpo em equilíbrio, por esta razão a base é o fortalecimento dos músculos profundos abdominais.

 

Para Joseph Pilates, a má postura e respiração errada eram fatores que contribuíam profundamente para uma saúde debilitada, por isso seu método integrava mente e corpo, aumentando a consciência corporal, a respiração e a força física. Com o fim da I Guerra, Joseph retornou à Alemanha e continuou com seus treinamentos.

 

Em 1925, decidiu imigrar para os Estados Unidos e na viagem conheceu sua  esposa Clara. Com ela fundou em  Nova  Iorque um estúdio para o ensino da modalidade, que supervisionou até 1960. Joseph Pilates morreu em 1967, aos 84 anos.

 Joseph  H.  Pilates, idealizador da metodologia pilates.

 

Os benefícios do pilates

  • O pilates trabalha essencialmente a região do Core, conjunto de músculos abdominais e dorsais, melhorando a postura e prevenindo lesões.

  • Ajuda a prevenir lesões em esportistas ou pessoas que lidam com esforço repetitivo.

  • É uma atividade antiestresse, pois incentiva a concentração na respiração e na consciência corporal.

  • Melhora muito a postura e, com isso, reduz ou elimina dores lombares e outros incômodos resultantes da condição inadequada de trabalho ou falta de atenção postural nas tarefas diárias.

  • Tonifica músculos profundos, deixando o corpo mais definido.

  • Ajuda a reabilitar diversos problemas físicos, desde os mais comuns como tendinites, aos mais sérios, como hérnia de disco.

  • Não causa desgaste físico, pois há poucas repetições dos movimentos.

  • É uma atividade segura e indicada para a terceira idade, prevenindo e ajudando a tratar problemas comuns deste período de vida.

Kenzen Pilates
 

Pilates clínico e corporal

Consiste na aplicação das  técnicas do Método Pilates com foco na necessidade de reabilitação postural de cada pessoa, detectada após avaliação inicial.

 

O programa de sessões é personalizado e indicado para aquelas pessoas que apresentam problemas como hérnia de disco, lombalgia, LER/DORT, entre outras patologias.  

 

As sessões misturam exercícios no solo e em aparelhos, sempre visando trabalhar e fortalecer regiões e músculos relacionados com a necessidade clínica e postural do praticante.

 
Kenzen Pilates